Cerveja engorda? Produz aquela barriga de chop?

cerveja engorda

Cerveja engorda? Produz aquela barriga de chop? Cerveja faz bem a saúde? Esses e outros mitos que tentaremos responder aqui.

Analisaremos não somente se a cerveja engorda, mas também os motivos que provoca o acréscimo de quilos desnecessários.

Cerveja engorda?

A cerveja contem dois inimigos a saúde. Glúten e Carboidratos.  Mas a lista não para por aí, principalmente se você analisar a qualidade dos tira-gostos.  Em alguns casos, a depender do tipo, são 150 calorias por copo do liquido produzido pelo malte.

Não se esqueça que todo tipo de bebida alcoólica é rica em calorias. O álcool digerido transforma-se em carboidratos maliciosos que logo logo se transforma em gordura. E quanto maior o teor de álcool, maior a quantidade de carboidrato, maior o acumulo de gordura e maior é o numero de quilos em sua balança. Por isso, o cerveja pode sabotar sua dieta e por fim no seu emagrecimento.

Não é só a cerveja, mas qualquer álcool ingerido está ligado aos hábitos alimentares de péssima qualidade. É o que sugerir a essa pesquisa que associa consumo de bebidas alcoólicas a hábitos desequilibrado de alimentação e consumo de cigarros. O sedentarismo é outra qualidade comum a quem costuma a beber.

Os famosos tira-gostos são vilões perigosos, pois além de serem muito calóricos, tem sua dificuldade de ser metabolizado pelo corpo. E se forem ingeridos com álcool isso piora mais ainda. Isso significa que o essas calorias se transformaram em gordura com mais facilidade se você beber.

A cerveja em especial, transforma suas calorias em gordura por conta de um processo conhecido como Hepática de novo lipogênese.

Se não bastasse o acréscimo de peso, o álcool tem a característica de diminuir a capacidade de queima de gordura. Isso ocorre pois é muito fácil beber um chopinho, difícil, ou melhor, impossível, é seu corpo armazenar o álcool. Por isso, quando você bebe álcool, seu corpo para de queimar gordura e se concentra em expulsar esse líquido.

Ademais, as gorduras acumuladas por conta da ingestão de álcool tendem a aumentar a gordura visceral da barriga. É a boa e velha barriga de chop.  O crescimento da cintura é ligada geralmente ao consumo de álcool. É o que revela o estudo the truth about beer and your belly#1

Danos à saúde

Diz o ditado que tudo de mais é veneno. Isso vale também para o consumo de álcool.  Segundo o American Journal of Health Behavior, alguns tipos de problemas médicos, psiquiátricos, funcionais ocorrem em função do ingresso exagerado de bebidas alcoólicas.

Doenças como hipertenção arteria, A.V.C, problemas cardíacos,  doenças no fígado (hepático),  no trato digestivo, e cancer ( principalmente de fígado, pulmão, mama, estômago e esofago) são doenças associadas ao exagero alcoólico.

Outro estudo demonstra que quem usa álcool amplia em 10 vezes mais as chances de usar outros tipos de drogas e aumenta em até 4 vezes as chances de ter transtorno de humor, depressão, e 3 vezes mais ansiedade.
O emagrecimento depende não somente da dieta, mas de fatores metabólicos e psicológicos. O álcool traz problemas nessas três esferas. Além de um acumulo de calorias e a dificuldade de metabolizar a mesma, facilitando o acumulo do tecido adposo (gordura), ainda temos problemas em sua psique, o que dificulta sua motivação para continuar na dieta. Sem contar com a abertura e acréscimo do apetite.
Por isso, elimine totalmente ou ao máximo, o álcool de sua dieta. Ao menos até você adquirir seu peso ideal.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*